8 dicas para combater a compulsão por compras

comprador-compulsivo-220408Comprar impulsivamente é um ato considerado normal para o ser humano, desde aquisição de objetos de baixo valor como um chaveiro até um smartphone de última geração. Mas, quando seus gastos passam de impulsivos a compulsivos, é sinal de que você pode estar com uma doença mais grave: a dependência em compras.

Os norte-americanos são os pioneiros desta compulsão, que atinge aproximadamente 6% da população. Porém, com o crescente aumento da dívida dos brasileiros no cartão de crédito e outros meios de pagamento, não podemos “apontar o dedo” só para eles, há algum distúrbio entre os nossos compatriotas também.

Em nosso país, a frase “bater perna” num shopping se traduz como algo divertido e engraçado, mas quando os gastos apresentam um problema real, o glamour morre e a dívida permanece.

Os psicólogos chamam estas pessoas de compradores compulsivos, que possuem um problema de controle de impulso, assim como quem é viciado em jogos de azar ou possui alguma compulsão alimentar. A compulsão por compras cria um sofrimento emocional e financeiro.

Esta semana, coloquei um teste no blog para verificar se você tem sinais de um comprador compulsivo (clique aqui). Se você é ou conhece alguém que pode ser um “shopaholic”, confira as dicas para sair dessa e começar uma nova vida.

  1. 1.    Admita que você é um comprador compulsivo

O primeiro passo para mudar seus hábitos é admitir que você é um comprador compulsivo. Observe o que há dentro dos seus armários. Ele está cheio de coisas novas com etiquetas e até preço, seja honesto e identifique suas verdadeiras necessidades.

Depois abra sua carteira e verifique se você possui uma coleção de vários cartões de crédito. Se você se identificou com as descrições, pode ser um comprador compulsivo. De qualquer forma, faça o teste que coloquei esta semana no blog.

  1. 2.    Corte seus cartões de crédito

Cortar aqui não é no sentido figurado, pegue uma tesoura e destrua seus cartões. Não dê desculpas do tipo “eu posso precisar para emergências”, se você tem problema com gasto compulsivo, corte agora. Não trapaceie e anote o número em algum lugar do tipo “just in case”. Pedidos online estão fora de cogitação.

  1. 3.    Pagamentos em dinheiro

Neste caso, dispense inclusive seu cartão de débito. Inconveniente? Sim, mas este é o ponto. Se você admitiu que um comprador compulsivo, seu objetivo é a quebra de hábitos e isso envolve sacrifícios.  No mundo moderno é difícil, mas utilize apenas dinheiro nesta fase.

  1. 4.    Rastreie cada compra

Quem é viciado em compras, normalmente e intencionalmente, faz vista grossa para o quanto gasta. Comece a anotar seus gastos e tente agir a seu favor, corte o que é preciso.

  1. 5.    Gasto lastreado

Você deve estar se perguntando: o que significa gasto lastreado? Significa que se você comprar alguma coisa deverá separar uma porcentagem de dinheiro diretamente para a poupança. Isso deverá intimidá-lo para novos gastos e construir uma poupança forçada, que te ajudará na realização de alguns desejos ou dívidas.

  1. 6.    Esqueça aquilo que é barato

Não compre simplesmente porque está barato. Se você é vítima da rua 25 de março ou lojas de departamento, esta dica é ótima. Só porque uma camisa, por exemplo, está mais barata do que outra loja, não significa que terá que compra-la.

  1. 7.    Evite a tentação

Sim, o que não é visto, não é lembrado. Se sua fraqueza é a música, fique fora de lojas do segmento e desative sua conta do iTunes. Se gasta mais em lojas de departamento, fique longe delas. Evite lugares que você, normalmente, tende a gastar mais.

  1. 8.    Procure ajuda

Claro, que escrevi estas dicas para te ajudar a controlar sua compulsão, mas a ajuda psicológica é importante e não deve ser deixada de lado. Combater um vício pode ser difícil quando você está sozinho. Procure acompanhamento profissional e também de amigos e familiares.

Não tenha vergonha da ajuda do psicólogo para problemas que parecem maiores do que você. Por fim, com a ajuda de um consultor financeiro, você encontrará o caminho de sucesso para suas finanças pessoais. Boa sorte nessa nova caminhada!

Fagner Nogueira Marques é sócio fundador da Nogueira Marques Consultores Associados e ministra palestras sobre educação financeira para empresas e atletas, principalmente, jogadores de futebol. É bacharel em Direito pela Faculdades Metropolitanas Unidas – FMU, advogado regularmente inscrito nos quadros da OAB/SP, bacharel em Ciências Econômicas pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado – FECAP. Possui a certificação da Anbid CPA-20 e também a certificação de Agente Autônomo de Investimentos, concedida pela ANCORD e extensão em Psicologia Econômica pela USP (Fipecafi).

Ex-jogador de futebol, economista e advogado. Fagner Marques trabalha como consultor financeiro pessoal, faz atendimentos presenciais e por Skype e ministra palestras de educação financeira para diversos públicos.

Deixe uma resposta