Como se organizar para investir a longo prazo?

como-investir-pouco-dinheiro

Existem diversos materiais espalhados pela internet e em livros de economia que confirmam que as carteiras de longo prazo são uma ótima opção pra quem pretende estabelecer uma meta de investimento. No entanto, existe algo que ainda não está muito claro para quem não tem familiaridade com a bolsa de valores ou outros títulos: a organização financeira pessoal.

É importante que o primeiro passo seja dado e que os demais venham em sequência, sem o risco de desistências no meio do caminho. Afinal, quem nunca ouviu a famosa frase “devagar e sempre”? Separamos algumas dicas para você que quer investir, mas não consegue reunir dinheiro suficiente para iniciar o seu plano. Confira!

Saiba como organizar a sua vida financeira

Antes de procurar uma corretora para elaborar uma carteira de investimento, é preciso saber para onde está indo o seu dinheiro. Pode acreditar: por melhor que se ganhe, sem um controle das receitas e despesas mensais, a possibilidade de entrar em um ciclo vicioso e faltar dinheiro é muito grande. Utilizar uma planilha de controle financeiro pode ser uma ótima forma de entender em que você está gastando seu dinheiro.

Elimine as dívidas e defina seu padrão de vida

Nenhuma dessas duas premissas é opcional, caso não queira que a conclusão seja um mergulho em um poço sem fundo. Procure pelos credores e negocie as dívidas, mesmo que tenha que pagar algum juros nos parcelamentos. Depois disso, faça uma análise de todos os seus gastos e procure entender se todos são realmente necessários.

Uma ótima forma de fazer o valor do dinheiro aumentar é pesquisar antes de qualquer compra. Talvez você perceba que não precisa do produto e acabe desistindo da compra. Procure comprar sempre à vista, especialmente quando tiver algum desconto, e utilize o cartão de crédito somente para emergências ou quando ele oferecer algum benefício.

Decida-se

Encare o investimento como um dinheiro para seu futuro e o coloque no mesmo patamar de uma reserva fixa. Quando estiver separando despesas do mês, direcione uma parte para investimentos. Caso espere sobrar algum dinheiro para isso, nunca irá conseguir investir. Essa tomada de decisão fará que o impulso consumista fique em segundo plano.

Comece, mesmo com pouco dinheiro

Se o montante que você consegue separar para investir é pequeno, não se preocupe. É possível começar com pouco dinheiro e montar uma carteira que renda a longo prazo. O mais importante para que sua carteira de investimento tenha o retorno esperado, a palavra-chave é planejamento. Faça valer a pena o pouco de cada mês e invista para um aposentadoria tranquila.

Aumente o poder de investimento

Procure avaliar a possibilidade de utilizar um percentual maior das receitas extras para fins de investimentos. Aqui, você deve contabilizar o décimo terceiro salário, férias, comissões, prêmios, trabalhos extras e outros.

O importante é dar o primeiro passo, por menor que seja. A partir disso, você poderá aumentar o montante de investimentos gradativamente. Olhe para frente e saiba qual é a sua meta!

Caso queira saber mais sobre planejamento financeiro e investimentos a longo prazo, acompanhe nossos outros artigos. 

Fagner Nogueira Marques é sócio fundador da Nogueira Marques Consultores Associados, atua como consultor e planejador financeiro pessoal e ministra palestras sobre educação financeira para empresas e atletas, principalmente, jogadores de futebol. É bacharel em Direito pela Faculdades Metropolitanas Unidas – FMU, advogado regularmente inscrito nos quadros da OAB/SP, bacharel em Ciências Econômicas pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado – FECAP. Possui a certificação da Anbid CPA-20, a certificação de Agente Autônomo de Investimentos, concedida pela ANCORD e extensão em Psicologia Econômica pela USP (Fipecafi).

Ex-jogador de futebol, economista e advogado. Fagner Marques trabalha como consultor financeiro pessoal, faz atendimentos presenciais e por Skype e ministra palestras de educação financeira para diversos públicos.

Deixe uma resposta