Lições para nossas finanças pessoais do filme “A Grande Aposta”

 

Indicado ao Oscar, o filme “A Grande Aposta” é baseado em uma história real que explica por meio de seus personagens a crise imobiliária dos EUA, em 2008. O personagem Michael Burry (Christian Bale) é um gestor de fundos hedge convencido de que há uma bolha imobiliária no mercado imobiliário. Ele aposta contra o mercado imobiliário no momento em que os bancos acreditavam ser um mercado totalmente estável. Ele é acompanhado por outros, incluindo o idealista Mark Baum (Steve Carell), um investidor arrogante (Ryan Gosling), e um gênio financeiro recluso (Brad Pitt).

Estes personagens ficam ricos com o colapso, enquanto a economia implode com pessoas que perderam suas casas, seus empregos, perderam suas economias que estavam na poupança. Por esta razão não há heróis no filme, já que os principais personagens se tornam ricos apostando contra o sonho americano.

Apesar de tratar do mercado financeiro de forma séria e real, o filme traz algumas lições sobre dinheiro que acredito ser importante compartilhá-las com vocês.

  1. Cuidado ao escolher pessoas para administrar seu dinheiro

Mesmo que você decida contratar um consultor que possui diversas certificações, fique envolvido na tomada de decisões e em cima dos números. O filme mostra como as pessoas investem no Mercado imobiliário de “olhos fechados”, sem pesquisar sobre assunto, apenas pela facilidade do investimento. Dica: ninguém se preocupa mais com o seu dinheiro do você.

  1. Investigue seus investimentos

Não importa se você não sabe o que significa um termo do Mercado Financeiro, nomes difíceis como credit default swap nos assustam. Muitas vezes, quem trabalha com produtos financeiros fala termos complicados em conversas para que você não faça mais perguntas e se sinta intimidado. No filme, é isso que acontece, o Mercado Financeiro cria nomes diferentes para o mesmo produto e fica mais fácil ludibriar o cliente.

Não cometam esse erro. Em vez disso, faça mil perguntas e não tenha vergonha. O que quer que alguém está fazendo com o seu dinheiro deve ser facilmente explicado em poucas frases.

  1. Não existe lucro crescente sem risco

Não há investimento que só tende a gerar lucros, onde não há nenhum tipo de risco. É um mito. “A Grande Aposta” trata do mito de que os valores do mercado imobiliário nunca poderia cair.

As pessoas que ganham dinheiro na Bolsa de Valores não ganham porque descobriram uma aposta certa, mas porque estão dispostos a correr riscos. E se você está disposto ao risco de ganhar muito ou até mesmo perder tudo, tem que ser premiado pelo risco e é daí que vem o alto rendimento. Lembre-se que eles ganham e perdem dinheiro.

  1. Não coloque todos os investimentos na mesma cesta

O filme mostra que apenas as três companhias sabiam que a bolha imobiliária iria estourar, mas ninguém poderia realmente dizer quando isso iria acontecer. Neste intervalos as empresas perderam muito dinheiro. Especulação é um jogo perigoso.

Nunca coloque o dinheiro que você pode precisar rapidamente em qualquer tipo de investimento de risco.

  1. Não siga a boiada

Não é porque a maioria das pessoas estão investindo em determinado produto financeiro que vocês devem fazer o mesmo. Avalie, pesquise e consulte um especialista se for preciso, você pode fazer boas escolhas.

Ex-jogador de futebol, economista e advogado. Fagner Marques trabalha como consultor financeiro pessoal, faz atendimentos presenciais e por Skype e ministra palestras de educação financeira para diversos públicos.

Deixe uma resposta