Qual a melhor opção de investimento?

Levando em consideração as inúmeras opções de produtos financeiros que o mercado oferece – Poupança; Renda Fixa (opções comuns: Títulos Públicos, CDB, Fundos de Renda Fixa, Fundos DI); Tesouro direto; CDB; Fundos Renda Fixa; Fundos DI; Fundos Cambiais; Fundos de Ações; Multimercado, fica difícil decidir qual é a melhor opção de investimento.

Para alcançar uma resposta coerente é necessário antes de tudo definir o que significa melhor. Segundo o dicionário Michaelis a palavra melhor tem o seguinte significado:

me.lhor
adj (lat meliore) Comparativo irregular de bom, que é mais bom. 2 Superior a outro em bondade ou em qualidadesm 1 Aquele ou aquilo que é preferível, que tem melhor qualidade que qualquer outra coisa.

Ou seja, quando surgem questões sobre qual é a melhor opção entre X ou Y a afirmação mais correta é a seguinte: depende!!

A melhor opção depende de preferências individuais, do que é considerado para realizar a comparação e só assim decidir entre o que está sendo comparado qual é o melhor.

Tratando-se de investimentos, para facilitar o processo de comparação e definição da opção de produto que seja mais adequada e atenda a expectativa de cada indivíduo o primeiro passo é descobrir qual é o perfil do investidor, os prazos de aplicação, quantidade mensal de aportes ou retiradas e sua a disponibilidade. Vale lembrar que a diversificação de produtos diminui o risco da carteira de investimento.

De forma geral podemos classificar os investidores de três maneiras: Conservador, Moderado e Arrojado.

CONSERVADOR:

• Não suporta volatilidade dos mercados de renda variável

• Vai precisar utilizar os recursos no curto prazo (até dois anos)

• Não pode perder nenhum tostão investido

• Aplica 100% do dinheiro em renda fixa (fundos, CDB, poupança, títulos públicos)

MODERADO:

• Tem mais estômago para correr riscos, mas não muito

• Precisará dos recursos no médio prazo (dois a cinco anos)

• Quer ganhar um pouco mais que a renda fixa tradicional

•Aplica até 20% em renda variável (ou fundos multimercado com esse perfil)

ARROJADO:

• Não se desespera quando a bolsa despenca e suas ações derretem

• Pode perder parte ou totalidade dos recursos investidos

• Não precisará dos recursos antes de dez anos

• Aplica pelo menos 40% em renda variável, como ações, fundos de ações, multimercados e derivativos

Por tanto, não existe uma resposta correta quanto ao melhor investimento para cada pessoa. Não existe investimento certo ou errado.

Errado é adiar a decisão de investir!!!!

Saiba mais sobre o Perfil do Investidor e realize o teste em : http://glo.bo/11mvtAr

 

Siga-me no twitter: @fnmarques

 

Fagner Nogueira Marques é sócio fundador da Nogueira Marques Consultores Associados e ministra palestras sobre educação financeira para empresas e atletas, principalmente, jogadores de futebol. É bacharel em Direito pela Faculdades Metropolitanas Unidas – FMU, advogado regularmente inscrito nos quadros da OAB/SP, bacharel em Ciências Econômicas pela Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado – FECAP. Possui a certificação da Anbid CPA-20 e também a certificação de Agente Autônomo de Investimentos, concedida pela ANCORD e pós graduação em Psicologia Econômica pela USP (Fipecafi).

Ex-jogador de futebol, economista e advogado. Fagner Marques trabalha como consultor financeiro pessoal, faz atendimentos presenciais e por Skype e ministra palestras de educação financeira para diversos públicos.

Deixe uma resposta